Cefaléia cervicogênica

Cefaléia cervicogênica: sintomas, causas, diagnóstico e tratamento

Cefaléia cervicogênica é o termo médico utilizado para definir uma dor de cabeça que possui origem no pescoço (coluna cervical) ou nos ombros. Essa condição é uma espécie de dor de cabeça secundária, que pode ser consequência de lesões, traumatismos ou outras doenças.

Apesar disso, indivíduos com essa cefaleia sentem uma dor muito maior na cabeça do que na cervical. Em alguns casos, inclusive, não há nenhuma dor cervical. 

Por esse motivo, muitas pessoas apresentam o problema, mas não sabem que se trata de uma cefaleia específica e por isso, acabam sofrendo com os sintomas da doença mais tempo do que deveriam.

A cefaléia cervicogênica é bastante comum e corresponde a cerca de 20% de todas as dores de cabeça.

Causas

As dores de cabeça cervicogênicas são, basicamente, resultado de algum tipo de desordem nos primeiros segmentos da coluna cervical, especificamente na vértebra C2-3.

Geralmente, as pessoas desenvolvem essa dor devido a problemas posturais, ou porque exercem funções no trabalho que envolvem a tensão do pescoço. Dentre as principais profissões que estão relacionadas com esse problema, estão: motoristas, cabeleireiros e trabalhadores que carregam pesos.

Além disso, existem outras possíveis causas, que são:

  • Tumores;
  • Fraturas;
  • Infecções;
  • Doenças cervicais, como hérnia de disco ou osteoartrose cervical;
  • Artrose na base do crânio;
  • Tensões contínuas no pescoço;
  • Posturas viciosas;

Sintomas

A cefaléia cervicogênica é caracterizada por uma dor de cabeça unilateral ou bilateral que se inicia na parte de trás da cabeça (nuca) ou no pescoço e vai se espalhando para a frente em direção às têmporas. 

Essa dor pode vir acompanhada de alguns sintomas, que são:

  • Rigidez no pescoço;
  • Limitação nos movimentos do pescoço;
  • Dor cervical;
  • Dor na mão, ombro e pescoço;
  • Intolerância a luz;
  • Náuseas e vômitos.

As dores e incômodos nos quadros da doença podem ser tão desconfortantes que, em alguns casos, podem acabar prejudicando a realização de algumas atividades cotidianas, causando prejuízos pessoas e até mesmo financeiros.

Diagnóstico

A partir dos sinais e sintomas apresentados pelo paciente, o neurologista poderá utilizar, para fins de diagnóstico, uma injeção de anestésico local, que pode ser feita nos músculos da parte de trás da cabeça.

Isso irá bloquear o nervo occipital maior de forma temporária o que, consequentemente, irá proporcionar um alívio na dor se o paciente realmente estiver com dor de cabeça cervicogênica, confirmando o diagnóstico.

Além disso, ele também poderá solicitar alguns exames laboratoriais e de imagem para descartar outros problemas.

Tratamento

O tratamento para as dores de cabeça cervicogênicas costuma ser dividido em algumas etapas, pois é necessário proporcionar um alívio na dor, promover mudanças físicas para que o problema desapareça e usar medicamentos para que a doença não retorne.

Dessa forma, inicialmente, o médico poderá prescrever o uso de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios ou relaxantes musculares para conseguir proporcionar um alívio nas dores.

Em um segundo momento, quando as dores já estiverem um pouco amenizadas, talvez seja necessário corrigir a postura do paciente. Para isso, o profissional poderá recomendar sessões de fisioterapia, pilates ou RPG. 

O objetivo dessa segunda etapa é fazer com que a musculatura da região cervical, que envolve ombros, pescoço e nuca, consiga voltar a relaxar.

Por fim, caso nenhum desses métodos surta o efeito esperado, o bloqueio dos nervos periféricos também pode ser recomendado para tratar a cefaléia cervicogênica.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp