cisto na tireoide

Cisto na tireoide é perigoso?

Recebeu o diagnóstico de um cisto na tireoide e não sabe o que fazer? O primeiro passo é não se preocupar demais e procurar orientação médica. Apenas em 5% dos casos, essa condição apresenta traços de malignidade e representa um perigo.

Você sabe o que é um cisto? Conhece as causas mais comuns? Então, recomendamos a leitura deste post. Nele, explicaremos cada detalhe que você precisa conhecer a respeito dessa condição.

O que é um cisto na tireoide?

Por definição, os cistos são estruturas que podem se formar em qualquer órgão do corpo humano, sendo uma espécie de bolsa que pode ser preenchida com resíduos de células mortas, gorduras, outros líquidos e até mesmo ar.

Geralmente, a presença de um cisto na tireoide não representa um perigo à saúde, pois, na maioria dos casos, é uma condição benigna que não causa sintomas e nem prejudica o funcionamento de nenhum órgão.

Dentre os diferentes problemas que podem surgir na glândula tireoide, os cistos e nódulos são os mais comuns. Estima-se que cerca de ⅓  das mulheres adultas apresentem essa condição em algum momento da vida, principalmente a partir dos 50 anos.

O cisto causa sintomas?

Na maioria das vezes, um cisto na tireoide é assintomático. Por isso, costuma ser diagnosticado durante a realização de um exame físico ou de algum exame de imagem na região do pescoço.

Contudo, em situações menos frequentes, alguns pacientes relatam um tipo de desconforto na região da glândula. Isso ocorre quando o cisto aumenta de tamanho e causa um sangramento, inchaço, dor local e dificuldade para engolir (disfagia).

Como é causado o cisto na tireoide?

Geralmente, a formação de um cisto na tireoide está relacionada aos adenomas, um tipo de degeneração cística de nódulos sólidos. O tecido tireoidiano é composto pelas células foliculares, que produzem um líquido viscoso chamado de colóide.

Quando essas mesmas células crescem excessivamente, elas não conseguem permanecer íntegras, iniciando um processo de degeneração colóide e adquirindo a aparência de uma bolsa delimitada repleta de líquido, chamada de cisto.

Afinal, o cisto na tireoide é perigoso?

A presença de um cisto na tireoide sempre traz grande temor para os pacientes, pois há uma imediata associação com um câncer. Porém, são raros os casos em que apresenta sinais de malignidade, sendo comumente uma condição benigna.

Contudo, é fundamental que o paciente fique atento e faça acompanhamento médico com a realização de exames e consultas periódicas. Isso porque, mesmo que não haja a necessidade de cirurgia para remoção, o cisto pode ter algum componente sólido que indique um problema mais sério.

Diferente do que acontece com os nódulos, o cisto na tireoide não exige a realização de uma punção aspirativa por agulha fina (PAAF). Porém, se houver qualquer sintoma, o médico irá orientar a medida mais indicada.

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre o cisto na tireoide e os riscos decorrentes de sua presença nessa glândula. Portanto, caso perceba alguma alteração na região do pescoço, sempre busque a opinião de um especialista.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp