ouvidos

Como limpar seus ouvidos?

O acúmulo de cera nos ouvidos é uma sensação que causa um certo desconforto, o que nos leva a constantemente higienizá-los. Porém, é preciso ter muito cuidado ao limpar seus ouvidos, pois é uma região sensível.

Você sabe como fazê-lo? Caso não, recomendamos a leitura do post. A seguir, explicaremos como fazer para você manter os seus ouvidos limpos, sem causar danos.

Para que serve a cera?

Diferente do que muitos imaginam, a cera que produzimos nos ouvidos não é prejudicial a nossa saúde. O cerume, como também é chamado, tem a função de proteger o ouvido e a audição, impedindo a entrada de excesso de água, poeira, bactérias e fungos.

Além disso, a cera também lubrifica a região, evitando o seu ressecamento e, consequentemente, as alergias e o prurido. No entanto, pode ocorrer da produção dessa substância se intensificar.

Dessa forma, pode se acumular no ouvido e prejudicar a audição, causar dores e desconfortos. Porém, esses sintomas não são comuns. Assim, caso surjam, é necessário buscar a orientação de um otorrinolaringologista.

Como limpar os ouvidos de forma correta e segura?

No que se refere à limpeza, ela não precisa ser feita com frequência. Essa ação só é necessária quando a substância estiver em excesso na parte externa do ouvido, pois significa que está sendo expelida pelo organismo.

Apenas pelo simples movimento da cabeça e a mastigação fazem com que a cera e os detritos se movam para o ouvido externo, onde endurecem e caem para fora do ouvido. Embora seja um processo lento, ele é eficaz.

Então, quando for necessário, a forma correta e segura de higienizar os ouvidos é passando suavemente uma toalha limpa e macia na orelha após o banho, sem forçar a entrada no canal auditivo.

O que deve ser evitado?

Apesar de ser uma prática comum e difundida pelos pais, o uso de cotonetes para esse fim não é indicado. Quando são utilizados na parte interna do ouvido, removem sua proteção natural, deixando-o mais suscetível a contaminações.

Ademais, existe o risco dessa ação provocar um ferimento nos ouvidos, uma perfuração do tímpano ou pode empurrar a cera para o interior do canal auditivo, ocasionando um acúmulo maior da substância, piorando o desconforto.

Além disso, ao promover uma grande limpeza na região, você estará facilitando a ação de bactérias e fungos, o que pode levar a infecções e outros problemas. Outras práticas que precisam ser evitadas são:

  • utilizar objetos pontiagudos para coçar o ouvido;
  • aplicar produtos não indicados para facilitar a limpeza do canal auditivo, como água oxigenada e álcool;
  • pingar a cera de vela no ouvido;
  • inserir qualquer outro corpo estranho no canal auditivo.

Enfim, acreditamos que, com a leitura deste post, você entendeu quando e como deve limpar seus ouvidos. Caso sinta dor ou algum desconforto no ouvido, não faça a limpeza, mas procure um médico para que ele avalie a situação.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp