ENGOLIR

Engolir: dificuldade ou dor pode ser alguma doença grave?

Já ficou com aquela sensação de algo preso na garganta? Ou já enfrentou dificuldade ou dor para engolir? Geralmente, esses sintomas indicam um quadro de disfagia, que pode estar relacionado a várias outras doenças.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de ler este post. Nele, explicaremos tudo o que você precisa saber a respeito do tema. Ficou interessado? Continue a leitura.

O que é disfagia?

O termo disfagia descreve a dificuldade para engolir. Porém, não está diretamente relacionada à dor, mas a uma sensação subjetiva de incômodo ao fazer o alimento percorrer o caminho entre a boca e o esôfago.

Ainda, essa condição pode surgir em função de um obstáculo físico à passagem dos alimentos, doenças neurológicas ou musculares que interferem no deslocamento do bolo alimentar. Por isso, a dificuldade para engolir precisa ser levada a sério.

Diferente do que muitos imaginam, o processo de deglutição é complexo, sendo dividido em três etapas. Na fase oral, a comida é umedecida pela mastigação e transformada em bolo alimentar maleável. Em seguida, a língua o empurra em direção à faringe.

Na fase faríngea, a deglutição passa a ser involuntária. Quando o bolo alimentar passa pela faringe, a laringe se fecha a fim de evitar que alcance os pulmões. A fase esofagiana é a última etapa e consiste na passagem dos alimentos pelo esôfago até o estômago.

O que é odinofagia?

Trata-se do termo médico que descreve a sensação de dor ao engolir, que resulta de inflamação na faringe ou na laringe, infecções no esôfago ou até como consequência da Covid-19. 

Embora pareça ser uma condição semelhante à disfagia, nem sempre sentir dor ao engolir envolve a dificuldade para deglutir. Ademais, existem inúmeras causas para a odinofagia, que pode perdurar por prolongados períodos de tempo.

O que pode causar a dificuldade ou a dor para engolir?

No que se refere à disfagia, as causas podem ser divididas em diversos grupos, tais como, doenças neurológicas, musculares, farmacológicas, anatômicas e esofagianas. Uma causa comum é a obstrução física à passagem do alimento.

Esse obstáculo pode ser desde um tumor maligno ou benigno até reduções do calibre interno do esôfago em função de inflamações ou da formação de cicatrizes no interior. No que se refere às causas neurológicas, a dificuldade para engolir pode estar associada às seguintes condições:

  • Acidente vascular cerebral (AVC);
  • doença de Parkinson;
  • esclerose múltipla ou esclerose lateral amiotrófica;
  • miastenia gravis
  • traumatismo craniano;
  • tumores do sistema nervoso central.

No caso da dor para engolir, as principais causas estão relacionadas a inflamações ou infecções na boca, garganta ou no esôfago, como, por exemplo, resfriados, gripe, faringite, laringite, amigdalite, esofagite, refluxo gastroesofágico, herpes simples, consumo de álcool ou drogas de abuso.

Enfim, como você pode perceber, a dificuldade ou dor para engolir pode sim estar relacionada a diferentes doenças graves. Portanto, caso você esteja apresentando esses sintomas, converse com seu médico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp