Doctor dermatologist examines the subcutaneous wen on the patient's arm, close-up. The concept of skin diseases, lipoma, skin neoplasms

Lipoma: O Que São, Como Se Formam?

Provavelmente, você conhece alguém ou já ouviu falar nesse nódulo benigno chamado lipoma. Embora apareçam com mais frequência em mulheres na faixa de 40 a 50 anos, também pode se desenvolver em homens.

Quer saber como eles se formam? Conhecer as causas e sintomas? Então, recomendamos a leitura deste post. A seguir, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre o tema.

O que é um lipoma?

Trata-se de um tipo de tumor que se forma nos tecidos subcutâneos e subdérmicos em função de um acúmulo de células de gordura. De modo geral, os lipomas podem surgir nos órgãos internos, nas cavidades do corpo ou na pele.

Ainda, esse nódulo benigno é de crescimento lento e alcançam, no máximo, 2 a 3 cm de tamanho. Em situações raras, podem ter cerca de 10 cm. Pelo fato de ser ter um formato de um caroço visível e palpável na pele, é semelhante a um cisto sebáceo.

Na maior parte dos casos, o lipoma surge isolado, ou seja, a pessoa tem apenas um. Porém, existem situações em que o indivíduo desenvolve vários desses nódulos. As regiões mais afetadas são as axilas, coxas, tronco, ombros, abdômen, braços e a parte posterior do pescoço.

Como é causado?

O lipoma não tem sua causa totalmente esclarecida. Entretanto, existem diversos fatores que podem aumentar as chances de uma pessoa desenvolver este problema. Dentre esses fatores de risco, o mais importante é a hereditariedade.

Neste sentido, ter um familiar de primeiro ou segundo grau com a condição pode indicar que você também terá, principalmente as mulheres. Outro fator de risco conhecido é ter o diagnóstico de algumas síndromes, como a Síndrome de Dercum, de Madelung, de Cowden e de Bannayan-Riley-Ruvalcaba.

Além disso, diferente do que muitos imaginam, o lipoma não tem relação com a obesidade. Mesmo que surja através das células de gordura, o tumor também é diagnosticado em pacientes magros.

Como identificar?

A principal forma de reconhecer um lipoma é através da identificação de suas características. Os lipomas têm forma semelhante a um caroço e, quando surgem no tecido subcutâneo, podem ser palpáveis, sendo facilmente percebidos.

Ainda, esses nódulos apresentam bordas regulares e uma consistência macia, elástica ou dura. Além disso, o crescimento destes lipomas é lento e gradual, alcançando o tamanho máximo de 3 cm de diâmetro.

O lipoma representa um risco de vida?

Geralmente não. Quem apresenta este nódulo benigno pode ficar tranquilo, pois as perspectivas são extremamente positivas. Os lipomas são inofensivos e não causam desconforto, sem oferecer qualquer prejuízo a sua qualidade de vida. 

Além disso, não contribuem para o desenvolvimento de outras doenças. Porém, geralmente por razões estéticas, é possível remover cirurgicamente estes lipomas, resultando em pequenas cicatrizes limitadas.

O tratamento cirúrgico do lipoma é indicado quando a condição resulta em alterações nervosas, dores, limitações funcionais e outros sintomas relacionados a um lipossarcoma. O procedimento é simples, rápido e indolor.

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu um pouco mais sobre o lipoma. Portanto, caso perceba uma protuberância visível ou apresente outros sintomas, converse com seu médico a fim de confirmar o diagnóstico.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp