lipoma

Lipoma: o que são, como se formam e qual o tratamento adequado?

O lipoma é um nó de tecido adiposo que, geralmente, ocorre abaixo da pele. Ele pode surgir em qualquer parte do corpo, mas é predominante no tronco, ombros, pescoço e axilas. Esse nó tende a crescer lentamente por um período de meses ou anos.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira este artigo!

Os lipomas são cancerosos?

Lipomas são quase sempre benignos, o que significa que não são cancerosos e não se desenvolverão em um câncer. No entanto, existe uma forma muito rara de câncer conhecida como lipossarcoma, que ocorre no tecido adiposo e pode se parecer com os lipomas.

O lipossarcoma raramente surge na pele, é um tumor profundo e geralmente cresce na coxa, virilha ou na parte posterior do abdômen. Mas, se o seu lipoma estiver aumentando ou doendo, consulte seu médico. Uma biópsia de pele pode ser necessária para excluir hipóteses.

Causas e sintomas de um lipoma

É possível que sejam causados ​​por um trauma físico. No entanto, não está claro se o trauma causa a formação dos nós ou se o lipoma é descoberto simplesmente como resultado da atenção médica àquela área do corpo.

Os lipomas raramente causam dor e, portanto, a maioria das pessoas não apresenta sintomas. Contudo, uma pessoa com lipomas pode sentir alguma dor se pressionar os nervos ou se houver alguns vasos sanguíneos passando por ele.

Diagnóstico e tratamento

Para diagnosticar, seu médico pode realizar:

  • Um exame físico;
  • Uma remoção de amostra de tecido (biópsia) para exame de laboratório;
  • Um raio-X ou outro exame de imagem, como uma ressonância magnética ou tomografia computadorizada, se o lipoma for grande, tiver características incomuns ou parecer mais profundo do que a gordura.

Geralmente, nenhum tratamento é necessário. No entanto, se o nó incomodar, estiver dolorido ou crescendo, a recomendação é que remova. Os tratamentos de lipoma incluem:

  • Remoção cirúrgica: a maioria dos lipomas é removida cirurgicamente, cortando. As recorrências após a remoção são incomuns. Os possíveis efeitos colaterais são cicatrizes e hematomas.
  • Lipoaspiração: este tratamento usa uma agulha e uma seringa grande para remover o caroço de gordura. A lipoaspiração pode ser útil para lipomas maiores, mas o procedimento está associado a uma taxa maior de recorrência.

Além disso, os procedimentos para remover lipomas geralmente são feitos sob anestesia local e os pacientes vão para casa no mesmo dia.

Perspectivas para as pessoas com lipoma

As perspectivas para as pessoas com lipomas são extremamente positivas! Isso porque, como os lipomas geralmente são inofensivos e não causam desconforto, eles não afetam sua qualidade de vida.

Além disso, não aumentam o risco de outras doenças. E, ainda, as pessoas que optam pela remoção de seus lipomas geralmente apresentam cicatrizes limitadas.

Por fim, vale ressaltar que os lipomas podem ocorrer em pessoas de todas as idades, porém eles tendem a se desenvolver na idade adulta e são mais perceptíveis na meia-idade. Também afetam ambos os sexos igualmente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp