5 perigos do tabagismo

De acordo com estudos, em cada tragada, o fumante inala mais de quatro mil substâncias tóxicas para o organismo, além de 43 elementos cancerígenos. Dessa forma, o tabagismo pode ser a causa direta de mais de 50 doenças.

Você sabe quais são elas? Conhece todos os perigos de ser um fumante ativo? Caso não, recomendamos a leitura deste post.

Perigos do tabagismo

A seguir, separamos algumas das condições que mais comumente são provocadas pelo uso do cigarro e derivados do tabaco. Confira.

1) Problemas na gestação

As gestantes que são fumantes ativas ou passivas podem colocar a vida do bebê em risco, pois as substâncias nocivas presentes no cigarro comprometem o transporte de oxigênio e nutrientes para o feto. Com isso, pode levar ao nascimento prematuro, com baixo peso ou à síndrome da morte súbita.

2) Aumenta o risco de câncer

O tabagismo é um dos principais fatores de risco para diferentes tipos de câncer, especialmente as neoplasias malignas que acometem os pulmões. A suscetibilidade aumenta de acordo com o número de cigarros por dia.

Outros tipos de câncer relacionados ao uso de cigarro são:

  • boca;
  • faringe;
  • laringe;
  • esôfago;
  • pâncreas;
  • rins;
  • fígado;
  • bexiga;
  • estômago;
  • colo de útero;
  • leucemia mieloide aguda.

Por outro lado, quanto mais tempo o indivíduo ficar longe do fumo, mais as chances de desenvolver essa doença irão diminuir.

3) Redução da expectativa de vida

O cigarro e os derivados do tabaco oferecem grandes riscos à saúde. Prova disso, é que os fumantes ativos têm a sua expectativa de vida reduzida em cerca de 10 anos, em comparação aos não fumantes.

Em contrapartida, esses anos de expectativa são recuperados quanto mais cedo o uso desses produtos for abandonado. Por isso, procurar um tratamento adequado para o tabagismo é essencial para voltar a ter qualidade de vida.

4) Afeta a saúde bucal

Como não poderia ser diferente, o tabagismo também causa sérios danos à saúde bucal, trazendo problemas nos dentes e nas gengivas. Além disso, deixa o sorriso mais amarelado, causa um mau hálito constante, afeta o paladar e torna o fumante mais propenso a infecções nas gengivas e nas estruturas de sustentação dos dentes.

Ademais, caso essas condições não sejam tratadas adequadamente e o indivíduo não pare de fumar, o quadro pode se agravar e levar a perdas dentárias, pois as substâncias presentes no cigarro dificultam a cicatrização da gengiva.

5) Desenvolvimento de vários problemas de saúde

Além de tudo o que já foi mencionado, o tabagismo pode provocar diversos outros problemas de saúde. Os problemas cardiovasculares, por exemplo, são mais comuns em fumantes, especialmente o infarto e a hipertensão.

Outro quadro recorrente em quem fuma são os problemas pulmonares, como a doença pulmonar obstrutiva crônica, a tuberculose e a tosse crônica. No curto prazo, o fumo pode ocasionar irritação nos olhos, dor de cabeça e problemas nasais.

Por fim, o tabaco também afeta a vida sexual dos fumantes. Isso porque, além de desencadear a impotência sexual, ou disfunção erétil, está diretamente relacionado à diminuição dos índices de testosterona, o que diminui a fertilidade.

Enfim, esses são apenas alguns dos muitos exemplos de perigos do tabagismo para a saúde. Por todas essas razões, você precisa abandonar o cigarro e o uso dos derivados do tabaco. Assim, você terá de volta a sua qualidade de vida.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp