tireoide

Tireoide: 6 dicas de cuidados

A tireoide é uma glândula muito importante para o corpo. Quando funciona corretamente, impacta positivamente no funcionamento de diversos órgãos. Por outro lado, se apresenta alguma disfunção, traz grandes prejuízos para a saúde do paciente.

Por isso, é importante adotar hábitos que beneficiam a sua função. Neste sentido, preparamos este post com algumas dicas de cuidados que você precisa ter.

Como cuidar da sua tireoide?

1. Evite a automedicação

A glândula tireoide possui uma hipersensibilidade à ação de alguns medicamentos, tais como, antiácidos, anti-inflamatórios, antidepressivos e antibióticos. Porém, usa-se esses fármacos sem qualquer prescrição médica.

Então, se você deseja manter o bom funcionamento da sua tireoide, evite a automedicação. Não há problemas em usar medicamentos quando um médico o recomendar. O problema está na ingestão contínua e excessiva desses produtos.

2. Fuja das substâncias nocivas à tireoide

Existem inúmeras substâncias nocivas presentes em nosso dia-a-dia que prejudicam a tireoide. Porém, algumas estão inseridas em nossa rotina por completo desconhecimento, como é o caso dos produtos que compõem os recipientes plásticos que são usados para armazenar alimentos.

Ademais, os agrotóxicos utilizados nas plantações para eliminar doenças e pragas são extremamente nocivas à saúde e funcionam como um veneno para a glândula tireoide. Por isso, é recomendada a escolha de alimentos livre desses produtos.

3. Mantenha um bom nível de vitamina D

A vitamina D é muito importante para a saúde da tireoide. Isso porque o nutriente é um hormônio esteroide que influencia nos hormônios tireoidianos. Assim, faça exames periódicos para acompanhar o seu nível de vitamina D.

Ademais, esse nutriente pode ser obtido naturalmente a partir da exposição solar. Quando essa ação não é possível, a suplementação é indicada. Porém, precisa ser prescrita por um médico e as doses devem ser personalizadas para facilitar a sua absorção.

4. Evite o consumo de sal iodado

O sal iodado está presente nos peixes, frutos-do-mar, manteiga, abacaxi, alcachofra, aspargos e verduras de coloração escura. Contudo, o excesso desse mineral pode piorar um distúrbio de tireoide latente ou em tratamento, desregulando o metabolismo do paciente.

5. Cuidados com alimentação

A alimentação exerce grande influência na saúde da tireoide. Sendo assim, para mantê-la regulada, é importante que sua dieta seja equilibrada, contemplando nutrientes fundamentais para a glândula, tais como, zinco, selênio e ômega-3.

Para isso, dê preferência as carnes magras, sementes de abóbora, feijão, amêndoa, castanha-do-pará, farinha de trigo, ovo, abacate, óleo de linhaça, salmão, sardinha, atum e ostras.

6. Cuide da saúde do intestino

Em primeiro lugar, a manutenção de um intestino saudável impacta diretamente no bom funcionamento da tireoide. Isso porque as células do intestino acometidas por inflamações levam substâncias nocivas para a corrente sanguínea.

Além disso, a má absorção de nutrientes pode estar relacionada com as doenças autoimunes, como é o caso das disfunções tireoidianas. Assim, mantenha-se hidratado, alimente-se de forma saudável e pratique atividades físicas regularmente.

Tireoide é assunto sério

Portanto, ao seguir as dicas deste post, você está no caminho certo para ter uma tireoide saudável e funcionando corretamente. Com isso, contribui diretamente com a saúde de todo o corpo.

Quer saber mais? Então, saiba que estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião de cabeça e pescoço em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp